v2n5maijun2022

Sobre as jornadas de 2013 – Resenha de “As Manifestações de junho de 2013 em Alagoas/’ de Sara Angélica Bezerra Gomes


O lançamento de um livro é sempre um presente histórico que externa inúmeros significados, dentre eles o avanço do conhecimento sobre a realidade conhecida. Imerso neste horizonte de expectativas – a publicação do livro As Manifestações de junho de 2013 em Alagoas, de autoria da sertaneja Sara Angélica Bezerra Gomes traz a lume uma teia de significados sobre a densa, complexa e singular realidade política, social e educacional do país –  para além dos grandes centros urbanos, das regiões litorâneas e, ao mesmo tempo,  em confronto com um presente histórico…

Escritor Itamar Freitas

Novos conteúdos: será este o caminho? – Resenha de “A História ‘encastelada’ e o ensino ‘encurralado’: escritos sobre História, ensino e formação docente”, de Eri Cavalcanti


O livro intitulado A História “encastelada” e o ensino “encurralado”: escritos sobre História, ensino e formação docente, de autoria de Eri Cavalcanti, publicado pela Editora CRV, tem 168 páginas, incluindo referências bibliográficas e índice remissivo. O texto é fruto das atividades de pesquisa e ensino do autor na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) e sistematiza parte da sua experiência como autor de livro didático de História de Pernambuco. A publicação está dividida em duas partes, além da Introdução. O prefácio é assinado por Helenice Rocha, professora…

Escritor Itamar Freitas

Refletindo sobre formação docente – Resenha de “A aprendizagem histórica e os professores de história (Ciências Sociais)”, de Marcos Roberto Barbosa || Aprendizagem histórica: espaços, suportes e experiências | José Vieira da Cruz e Fábio Alves dos Santos


Em boa hora, foram lançadas duas obras que discutem aprendizagem histórica. A primeira,  A aprendizagem histórica e os professores de história, foi escrita por Marcos Roberto Barbosa (2017), como fruto da sua pesquisa A Cognição histórica situada: orientações curriculares e metodologias de professores de História da Educação Básica, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação Stricto Sensu da Universidade Tuiuti do Paraná, em 2012, em Curitiba, Paraná; a segunda, Aprendizagem Histórica – espaços, suportes e experiências foi organizada pelos professores José Vieira da Cruz e Fábio Alves dos Santos, ambos…

Escritor Itamar Freitas

Marc Bloch fala de Teoria – Resenha de “Que pedir aos historiadores?”, de Marc Bloch


Que pedir aos historiadores? é um livro que reúne onze textos de Marc Bloch (1886-1944), organizados por Julio Bentivoglio e Josemar Machado de Oliveira e publicado pela Editora Milfontes (2019). Não é mais uma coletânea de discursos propedêuticos. É, simplesmente, a coletânea do teórico da História mais citado no Brasil. Ela chega quando a História (domínio científico e componente curricular) está sob forte ataque de grupos civis e militares, nos estimulando a lembrar os valores e “os critérios que marcam a correção das nossas análises científicas” (Almeida, 2019, p.25), ou…

Escritor Itamar Freitas

Estudos sobre a colonização – Resenha de “O trato da perpétua tormenta: a conversão Kiriri nos sertões de dentro na América portuguesa”, de Ane Luíse Silva Mecenas Santos


O livro O trato da perpétua tormenta: a conversão Kiriri nos sertões de dentro na América portuguesa foi publicado em 2020 pela editora Diário Oficial de Sergipe-Edise. A autora, Ane Luíse Silva Mecenas Santos, cursou licenciatura em História pela Universidade Federal de Sergipe (2005), é especialista em Ciências da Religião e possui bacharelado em História (2010), mestrado em História pelo Programa de Pós-Graduação em História pela Universidade Federal da Paraíba (2011) e doutorado em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2017)….

Escritor Itamar Freitas

Ludicidade no Ensino de História – Resenha de “O uso dos jogos de tabuleiro e do e-portfólio do corpo brincante no processo educativo” e “Cadernos didáticos: o uso de jogos no processo educativo”, de Márcia Ambrósio e Eduardo Mognon Ferreira


A obra O uso dos jogos de tabuleiro e do e-portfólio do corpo brincante no processo educativo, escrita por Maria Ambrósio e Eduardo Mognon Ferreira, foi lançada em 2020 acompanhada de um segundo volume nomeado Cadernos didáticos: o uso de jogos no processo educativo, editados ambos pela mesma editora de Curitiba/PR, a CRV. As obras estão disponíveis em formato digital no site https://eportfoliobrincante.netlify.app/ebook. A coautora Márcia Ambrósio é doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), realizou estudos pós-doutorais na Universidade de Barcelona e atua na Universidade Federal…

Escritor Itamar Freitas

Temporalidades em questão – Resenha de “Heterocronias: Estudos sobre a multiplicidade dos tempos históricos”, de Marlon Salomon


Resenhado por Tiago Santos Almeida (UFG) | 02 set. 2021 “O tempo”. Desnecessário afirmar a centralidade do tema entre os historiadores. Na última década, a literatura historiográfica nacional empregou o vocábulo em títulos e subtítulos das mais diferentes formas. Por aqui, o problema da multiplicidade temporal tem sido amplamente discutido entre os historiadores, por exemplo, por meio das experiências do tempo e das emoções históricas. O sentimento de aceleração e os movimentos “Slow”, a nostalgia, o ressentimento e o desejo de vingança, o presentismo e o atualismo são alguns dos…

Escritor Itamar Freitas

A emergência da História Agrária – Resenha de Formação social da miséria no sertão do São Francisco (1820-1920) | Francisco Carlos Teixeira da Silva


A publicação Formação social da miséria no sertão do São Francisco (1820-1920), do professor Francisco Carlos Teixeira da Silva (UFRJ) é uma notícia alvissareira para os estudiosos da historiografia sergipana. Chico Carlos, como é carinhosamente conhecido, produziu o texto como dissertação de mestrado, há mais de quatro décadas, sob orientação de Maria Yedda Linhares. Hoje, Chico Carlos é lembrado pelos estudos sobre História Contemporânea e História do Tempo Presente e é provável que alguém estranhe a relação entre o autor e os estudos sobre a história social da agricultura. A…

Escritor Itamar Freitas

Histórias do ensino Superior – Resenha de “Da autonomia à resistência democrática: movimento estudantil, ensino superior e a sociedade em Sergipe, 1950-1985”, de José Vieira da Cruz


  Acaba de ser publicada a segunda edição (revista e ampliada) do livro de José Vieira da Cruz, Da Autonomia à Resistência Democrática: Movimento Estudantil, Ensino Superior e a Sociedade em Sergipe (1950-1985). O texto incide sobre o tema da cultura académica, que não está suficientemente estudado e para o qual este livro é um contributo fundamental. É justamente na década de 1950 que tem início o estudo criterioso e denso que José Vieira da Cruz reedita e ao qual não são alheios nem o elitismo do ensino universitário, nem…

Escritor Itamar Freitas

Resenhistas desta Edição

Filtrar por período:

Sobre nós

Publicamos resenhas de livros e de dossiês de artigos de revistas acadêmicas que tratem da reflexão, investigação, comunicação e/ou consumo da escrita da História. Saiba mais sobre o único periódico de História inteiramente dedicado à Crítica em formato resenha.

Submissões

As resenhas devem expressar avaliações de livros ou de dossiês de revistas acadêmicas autodesignadas como "de História". Conheça as normas e envie-nos o seu texto.

Alertas

Privacidade

Ao se inscrever nesta lista de e-mails, você estará sujeito à nossa política de privacidade.

Acesso livre

Crítica Historiográfica não cobra taxas para submissão, publicação ou uso dos artigos. Os leitores podem baixar, copiar, distribuir, imprimir os textos para fins não comerciais, desde que citem a fonte.