Crítica Historiográfica. Natal, v.2, n.5, maio/jun. 2022.

Publicado: 2022-05-03

A HISTORICIDADE DAS CIÊNCIAS – Resenha de “Historiografia da Ciência na América do Sul: recepção, reflexão e produção (Argentina, Brasil e Uruguai)”, dossiê organizado por Mauro Condé

O QUE PODE A EPISTEMOLOGIA HISTÓRICA? Resenha de “L’épistémologie historique: Histoire et méthodes”, organizado por Jean-François Braunstein, Iván Moya Diez e Matteo Vagelli

O SENTIDO DAS NARRATIVAS – Resenha de “Conceitos elementares da Guerra Fria nos livros didáticos”, de Leonardo de Carvalho Augusto

O DIGITAL NO ENSINO – Resenha de “Ensino de História e Historiografia escolar digital”, de Marcella Albaine Farias da Costa

O MÉTODO RESOLVE TUDO? – Resenha de “Elementos de Didática da História”, de Alfredo Braga Furtado

A HISTÓRIA CULTURAL DOS GRANDES PENSADORES – Resenha de “O Polímata: Uma história cultural – De Leonardo da Vinci a Susan Sontag”, de Peter Burke

TÍTULO DISSIMULADO – Resenha de “Uma brevíssima história da UFS”, de Itamar Freitas

HISTÓRIA E FOTOGRAFIA – Resenha de “Lentes, memórias e histórias: os fotógrafos Lambe-Lambes em Aracaju (1950-1990)”, de Cândida Oliveira


Pareceristas desta edição (v.2, n.5, maio/jun. 2022)

  • Almir Félix Batista de Oliveira (GPEPPS)
  • Dilton Cândido Santos Maynard (UFS/UFRJ)
  • Eduardo Henrique Barbosas de Vasconcelos (UEG)
  • Itamar Freitas (UFS)
  • Margarida Maria Dias de Oliveira (UFRN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Foco e escopo

Publicamos resenhas de livros e de dossiês de artigos de revistas acadêmicas que tratem da reflexão, investigação, comunicação e/ou consumo da escrita da História. Saiba mais sobre o único periódico de História inteiramente dedicado à Crítica em formato resenha.

Corpo editorial

Somos professore(a)s do ensino superior brasileiro, especializado(a)s em mais de duas dezenas de áreas relacionadas à reflexão, produção e usos da História. Faça parte dessa equipe.

Submissões

As resenhas devem expressar avaliações de livros ou de dossiês de revistas acadêmicas autodesignadas como "de História". Conheça as normas e envie-nos o seu texto.

Pesquisa


Alertas

Acesso livre

Crítica Historiográfica não cobra taxas para submissão, publicação ou uso dos artigos. Os leitores podem baixar, copiar, distribuir, imprimir os textos para fins não comerciais, desde que citem a fonte.

Privacidade

Ao se inscrever nesta lista de e-mails, você estará sujeito à nossa política de privacidade.

Crítica Historiográfica. Natal, v.2, n.5, maio/jun. 2022.

Publicado: 2022-05-03

A HISTORICIDADE DAS CIÊNCIAS – Resenha de “Historiografia da Ciência na América do Sul: recepção, reflexão e produção (Argentina, Brasil e Uruguai)”, dossiê organizado por Mauro Condé

O QUE PODE A EPISTEMOLOGIA HISTÓRICA? Resenha de “L’épistémologie historique: Histoire et méthodes”, organizado por Jean-François Braunstein, Iván Moya Diez e Matteo Vagelli

O SENTIDO DAS NARRATIVAS – Resenha de “Conceitos elementares da Guerra Fria nos livros didáticos”, de Leonardo de Carvalho Augusto

O DIGITAL NO ENSINO – Resenha de “Ensino de História e Historiografia escolar digital”, de Marcella Albaine Farias da Costa

O MÉTODO RESOLVE TUDO? – Resenha de “Elementos de Didática da História”, de Alfredo Braga Furtado

A HISTÓRIA CULTURAL DOS GRANDES PENSADORES – Resenha de “O Polímata: Uma história cultural – De Leonardo da Vinci a Susan Sontag”, de Peter Burke

TÍTULO DISSIMULADO – Resenha de “Uma brevíssima história da UFS”, de Itamar Freitas

HISTÓRIA E FOTOGRAFIA – Resenha de “Lentes, memórias e histórias: os fotógrafos Lambe-Lambes em Aracaju (1950-1990)”, de Cândida Oliveira


Pareceristas desta edição (v.2, n.5, maio/jun. 2022)

  • Almir Félix Batista de Oliveira (GPEPPS)
  • Dilton Cândido Santos Maynard (UFS/UFRJ)
  • Eduardo Henrique Barbosas de Vasconcelos (UEG)
  • Itamar Freitas (UFS)
  • Margarida Maria Dias de Oliveira (UFRN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Resenhistas

Privacidade

Ao se inscrever nesta lista de e-mails, você estará sujeito à nossa política de privacidade.

Acesso livre

Crítica Historiográfica não cobra taxas para submissão, publicação ou uso dos artigos. Os leitores podem baixar, copiar, distribuir, imprimir os textos para fins não comerciais, desde que citem a fonte.

Foco e escopo

Publicamos resenhas de livros e de dossiês de artigos de revistas acadêmicas que tratem da reflexão, investigação, comunicação e/ou consumo da escrita da História. Saiba mais sobre o único periódico de História inteiramente dedicado à Crítica em formato resenha.

Corpo editorial

Somos professore(a)s do ensino superior brasileiro, especializado(a)s em mais de duas dezenas de áreas relacionadas à reflexão, produção e usos da História. Faça parte dessa equipe.

Submissões

As resenhas devem expressar avaliações de livros ou de dossiês de revistas acadêmicas autodesignadas como "de História". Conheça as normas e envie-nos o seu texto.

Pesquisa


Alertas