Itamar Freitas (UFS)

Itamar Freitas

Doutor em História (UFRGS) e em Educação (PUC-SP), Professor do Departamento de Educação e do Mestrado Profissional em História, da Universidade Federal de Sergipe, e editor do blog Resenha Crítica. Publicou, entre outros trabalhos, Uma introdução ao método histórico (2021) e Objetividade histórica no Manual de Teoria da História de Roberto Pirgibe da Fonseca (1903-1986). ID: https://orcid.org/0000-0002-0605-7214. Email: [email protected]


Resenhas publicadas em Crítica Historiográfica

As recentes direitas de um historiador – Resenha de “Las nuevas caras de la derecha”, de Enzo Traverso


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | 02 junho 2022. O que me levou a ler o livro de Enzo Traverso não foi apenas o título referente a esse dossiê de resenhas sobre “novas direitas”. O fato de ele ser um dos poucos historiadores de ofício a estudarem o fenômeno e de fazê-lo com ferramentas típicas de historiador…

Sobre as direitas no “Terceiro Mundo” – Resenha de “The Right and Radical Right in the Americas – Ideological Currents from Interwar Canada to Contemporary Chile”, de Tamir Bar-On e Bàrbara Molas


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | 02 junho 2022. Em The right eand radical right in the Americas: currents from interwar Canada to contemporary Chile [A Direita e a Direita radical nas Américas: correntes ideológicas no entreguerras do Canadá ao Chile contemporâneo] Tamir Bar-On e Bàrbara Molas querem cobrir a lacuna deixada pelo recente The Oxford Handbook…

Militares e ideologias – Resenha de “Os militares e a crise brasileira”, organizado por João Roberto Martins


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS)| 02 junho 2022. Em 2020, João Roberto Martins Filho publicou a segunda edição de O palácio e a caserna: a dinâmica militar das crises políticas na Ditadura (1964-1969), adaptação da sua tese de Doutorado em Ciência Política, orientada por Décio Saes e defendida em 1989. Nesse livro, manteve a proposição de que…

Olhando para o outro lado – Resenha de “Fighting the Last War – Confusion, Partisanship, and Alarmism in the Literature on the Radical Right”, de Jeffrey M. Bale e Tamir Bar-On


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | 02 junho 2022. Tudo parece tranquilo entre os investigadores das novas direitas do eixo Europa-América nos últimos cinco anos. Eles divergem conceitualmente (fascismo, neofascismo, posfascismo, ultradireita, nova direita etc.), ocupam-se de objetos distintos (ideologias, partidos, eleições, movimentos, redes, subculturas, líderes, programas, eleições e ações de governo), mas convergem na ideia de…

A historicidade das ciências – Resenha de “Historiografia da Ciência na América do Sul: recepção, reflexão e produção (Argentina, Brasil e Uruguai)”, dossiê organizado por Mauro Condé


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS)| 02 maio 2022. No Brasil, circulam, aproximadamente, 190 revistas autodesignadas (em seu foco e escopo) “de História” (Resenha Crítica, 2021). Um quinto desses periódicos explora questões e objetos escanteados pelos historiadores por formação inicial (graduados em História), como Direito, Educação, Ensino, Enfermagem, Esporte, Matemática e Medicina. Não é tanto por…

Na zona de conforto – Resenha de “BNCC de História nos Estados: o futuro do presente, de Angela R. Ferreira, Antonio S. de Almeida Neto, Caio F. F. Adan, Carlos A. L. Ferreira, Paul E. D. de Mello e Olavo P. Soares


Resenhado por Maria Margarida Dias de Oliveira(UFRN) e Itamar Freitas (UFS) | 02 março 2022 No final do ano passado (2021), a Editora Fi lançou BNCC de História nos Estados: o futuro do presente, reunindo estudos de 25 autores, a maioria dos quais atua em programas de pós-graduação em História, Ensino de História e Educação. Apenas dois…

Para um ensino cidadão – Resenha de “Guia de fósseis da Bacia do Araripe”, de Antônio Álamo F. Saraiva, Flaviana J. de Lima, Olga A. Barros e Renan A. M. Bantin


Resenhado por Jane Semeão (URCA) e Itamar Freitas (UFS)| 02 março 2022 Antônio Álamo Feitosa Saraiva | Foto: Acervo pessoal Foi lançado em novembro último o Guia de fósseis da Bacia do Araripe, um trabalho de fôlego que reúne pesquisas publicadas nos últimos 10 anos sobre a matéria, organizado  pelos professores Antônio Álamo Feitosa Saraiva, Olga…

Introdução ao estudo e à prática autobiográfica – Resenhas de “Écrire ses memóires: astuces et conseils pour transformer ses souvenirs en un livre”, de Marie -Gaëlle Le Perff, e “Aspectos teóricos de la autobiografia”, de Edgar Velásquez Rivera


Resenhado por Itamar Freitas (UFS) | 28 fevereiro 2022 Dois manuais recentes sobre a elaboração de autobiografias foram lançados em línguas francesa e espanhola com abordagens e destinatários diferenciados. Não apresentam inovações  na área, mas vale a pena submetê-los à crítica como indicador da bibliografia circulante para o interessado na temática. Eles são: Écrire ses…

Descolonizando a bibliografia – Resenha de “Ensino de História: fundamentos e métodos”, de Circe Maria Fernandes Bittencourt


English version available Ensino de História: fundamentos e métodos, escrito por Circe Bittencourt, é um livro que trata da atividade docente no Ensino Fundamental sob os pontos de vista histórico, epistemológico e metodológico (História e Pedagogia). Sua quinta edição foi lançada em 2018 e conserva o mesmo objetivo de 2004: subsidiar a formação inicial e…

History Teaching: foundations and methods | Circe Maria Fernandes Bittencourt


Circe Bittencourt | Imagem: BM Comunicação   Reviewed by Itamar Freitas and Margarida Maria Dias de Oliveira Ensino de História: fundamentos e métodos (History Teaching: foundations and methods), written by Circe Bittencourt, is a book that deals with the teaching activity in basic education from the historical, epistemological and methodological points of view (History and…

Definindo História Pública – resenha de “Public History and School: International Perspectives”, de Marko Demantowsky


Em Public History and Scholl Marko Demantowsky discute a relação entre o campo acadêmico (História Pública) e a instituição socializadora (Escola) a partir de uma premissa conhecida de todos nós: a escola pública foi criada no século XVIII para servir à construção da identidade nacional, e as disciplinas literatura, religião e história são os veículos…

A fabricação do projeto acadêmico – Resenha de “Práticas de pesquisa em história”, de Tania Regina de Luca


Tania Regina de Luca, professora do Departamento de História da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita, é conhecida historiadora da imprensa nacional e estrangeira. No livro Práticas de pesquisa em história (2020), parte da sua experiência de pesquisadora é compartilhada, “especialmente”, com “estudantes de graduação”. Trata-se de um clássico livro propedêutico de investigação histórica e…

Marc Bloch fala de Teoria – Resenha de “Que pedir aos historiadores?”, de Marc Bloch


Que pedir aos historiadores? é um livro que reúne onze textos de Marc Bloch (1886-1944), organizados por Julio Bentivoglio e Josemar Machado de Oliveira e publicado pela Editora Milfontes (2019). Não é mais uma coletânea de discursos propedêuticos. É, simplesmente, a coletânea do teórico da História mais citado no Brasil. Ela chega quando a História…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Foco e escopo

Publicamos resenhas de livros e de dossiês de artigos de revistas acadêmicas que tratem da reflexão, investigação, comunicação e/ou consumo da escrita da História. Saiba mais sobre o único periódico de História inteiramente dedicado à Crítica em formato resenha.

Corpo editorial

Somos professore(a)s do ensino superior brasileiro, especializado(a)s em mais de duas dezenas de áreas relacionadas à reflexão, produção e usos da História. Faça parte dessa equipe.

Submissões

As resenhas devem expressar avaliações de livros ou de dossiês de revistas acadêmicas autodesignadas como "de História". Conheça as normas e envie-nos o seu texto.

Pesquisa


Alertas

Acesso livre

Crítica Historiográfica não cobra taxas para submissão, publicação ou uso dos artigos. Os leitores podem baixar, copiar, distribuir, imprimir os textos para fins não comerciais, desde que citem a fonte.

Privacidade

Ao se inscrever nesta lista de e-mails, você estará sujeito à nossa política de privacidade.

Itamar Freitas (UFS)

Itamar Freitas

Doutor em História (UFRGS) e em Educação (PUC-SP), Professor do Departamento de Educação e do Mestrado Profissional em História, da Universidade Federal de Sergipe, e editor do blog Resenha Crítica. Publicou, entre outros trabalhos, Uma introdução ao método histórico (2021) e Objetividade histórica no Manual de Teoria da História de Roberto Pirgibe da Fonseca (1903-1986). ID: https://orcid.org/0000-0002-0605-7214. Email: [email protected]


Resenhas publicadas em Crítica Historiográfica

As recentes direitas de um historiador – Resenha de “Las nuevas caras de la derecha”, de Enzo Traverso


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | 02 junho 2022. O que me levou a ler o livro de Enzo Traverso não foi apenas o título referente a esse dossiê de resenhas sobre “novas direitas”. O fato de ele ser um dos poucos historiadores de ofício a estudarem o fenômeno e de fazê-lo com ferramentas típicas de historiador…

Sobre as direitas no “Terceiro Mundo” – Resenha de “The Right and Radical Right in the Americas – Ideological Currents from Interwar Canada to Contemporary Chile”, de Tamir Bar-On e Bàrbara Molas


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | 02 junho 2022. Em The right eand radical right in the Americas: currents from interwar Canada to contemporary Chile [A Direita e a Direita radical nas Américas: correntes ideológicas no entreguerras do Canadá ao Chile contemporâneo] Tamir Bar-On e Bàrbara Molas querem cobrir a lacuna deixada pelo recente The Oxford Handbook…

Militares e ideologias – Resenha de “Os militares e a crise brasileira”, organizado por João Roberto Martins


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS)| 02 junho 2022. Em 2020, João Roberto Martins Filho publicou a segunda edição de O palácio e a caserna: a dinâmica militar das crises políticas na Ditadura (1964-1969), adaptação da sua tese de Doutorado em Ciência Política, orientada por Décio Saes e defendida em 1989. Nesse livro, manteve a proposição de que…

Olhando para o outro lado – Resenha de “Fighting the Last War – Confusion, Partisanship, and Alarmism in the Literature on the Radical Right”, de Jeffrey M. Bale e Tamir Bar-On


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | 02 junho 2022. Tudo parece tranquilo entre os investigadores das novas direitas do eixo Europa-América nos últimos cinco anos. Eles divergem conceitualmente (fascismo, neofascismo, posfascismo, ultradireita, nova direita etc.), ocupam-se de objetos distintos (ideologias, partidos, eleições, movimentos, redes, subculturas, líderes, programas, eleições e ações de governo), mas convergem na ideia de…

A historicidade das ciências – Resenha de “Historiografia da Ciência na América do Sul: recepção, reflexão e produção (Argentina, Brasil e Uruguai)”, dossiê organizado por Mauro Condé


Resenhado por  Itamar Freitas (UFS)| 02 maio 2022. No Brasil, circulam, aproximadamente, 190 revistas autodesignadas (em seu foco e escopo) “de História” (Resenha Crítica, 2021). Um quinto desses periódicos explora questões e objetos escanteados pelos historiadores por formação inicial (graduados em História), como Direito, Educação, Ensino, Enfermagem, Esporte, Matemática e Medicina. Não é tanto por…

Na zona de conforto – Resenha de “BNCC de História nos Estados: o futuro do presente, de Angela R. Ferreira, Antonio S. de Almeida Neto, Caio F. F. Adan, Carlos A. L. Ferreira, Paul E. D. de Mello e Olavo P. Soares


Resenhado por Maria Margarida Dias de Oliveira(UFRN) e Itamar Freitas (UFS) | 02 março 2022 No final do ano passado (2021), a Editora Fi lançou BNCC de História nos Estados: o futuro do presente, reunindo estudos de 25 autores, a maioria dos quais atua em programas de pós-graduação em História, Ensino de História e Educação. Apenas dois…

Para um ensino cidadão – Resenha de “Guia de fósseis da Bacia do Araripe”, de Antônio Álamo F. Saraiva, Flaviana J. de Lima, Olga A. Barros e Renan A. M. Bantin


Resenhado por Jane Semeão (URCA) e Itamar Freitas (UFS)| 02 março 2022 Antônio Álamo Feitosa Saraiva | Foto: Acervo pessoal Foi lançado em novembro último o Guia de fósseis da Bacia do Araripe, um trabalho de fôlego que reúne pesquisas publicadas nos últimos 10 anos sobre a matéria, organizado  pelos professores Antônio Álamo Feitosa Saraiva, Olga…

Introdução ao estudo e à prática autobiográfica – Resenhas de “Écrire ses memóires: astuces et conseils pour transformer ses souvenirs en un livre”, de Marie -Gaëlle Le Perff, e “Aspectos teóricos de la autobiografia”, de Edgar Velásquez Rivera


Resenhado por Itamar Freitas (UFS) | 28 fevereiro 2022 Dois manuais recentes sobre a elaboração de autobiografias foram lançados em línguas francesa e espanhola com abordagens e destinatários diferenciados. Não apresentam inovações  na área, mas vale a pena submetê-los à crítica como indicador da bibliografia circulante para o interessado na temática. Eles são: Écrire ses…

Descolonizando a bibliografia – Resenha de “Ensino de História: fundamentos e métodos”, de Circe Maria Fernandes Bittencourt


English version available Ensino de História: fundamentos e métodos, escrito por Circe Bittencourt, é um livro que trata da atividade docente no Ensino Fundamental sob os pontos de vista histórico, epistemológico e metodológico (História e Pedagogia). Sua quinta edição foi lançada em 2018 e conserva o mesmo objetivo de 2004: subsidiar a formação inicial e…

History Teaching: foundations and methods | Circe Maria Fernandes Bittencourt


Circe Bittencourt | Imagem: BM Comunicação   Reviewed by Itamar Freitas and Margarida Maria Dias de Oliveira Ensino de História: fundamentos e métodos (History Teaching: foundations and methods), written by Circe Bittencourt, is a book that deals with the teaching activity in basic education from the historical, epistemological and methodological points of view (History and…

Definindo História Pública – resenha de “Public History and School: International Perspectives”, de Marko Demantowsky


Em Public History and Scholl Marko Demantowsky discute a relação entre o campo acadêmico (História Pública) e a instituição socializadora (Escola) a partir de uma premissa conhecida de todos nós: a escola pública foi criada no século XVIII para servir à construção da identidade nacional, e as disciplinas literatura, religião e história são os veículos…

A fabricação do projeto acadêmico – Resenha de “Práticas de pesquisa em história”, de Tania Regina de Luca


Tania Regina de Luca, professora do Departamento de História da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita, é conhecida historiadora da imprensa nacional e estrangeira. No livro Práticas de pesquisa em história (2020), parte da sua experiência de pesquisadora é compartilhada, “especialmente”, com “estudantes de graduação”. Trata-se de um clássico livro propedêutico de investigação histórica e…

Marc Bloch fala de Teoria – Resenha de “Que pedir aos historiadores?”, de Marc Bloch


Que pedir aos historiadores? é um livro que reúne onze textos de Marc Bloch (1886-1944), organizados por Julio Bentivoglio e Josemar Machado de Oliveira e publicado pela Editora Milfontes (2019). Não é mais uma coletânea de discursos propedêuticos. É, simplesmente, a coletânea do teórico da História mais citado no Brasil. Ela chega quando a História…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Resenhistas

Privacidade

Ao se inscrever nesta lista de e-mails, você estará sujeito à nossa política de privacidade.

Acesso livre

Crítica Historiográfica não cobra taxas para submissão, publicação ou uso dos artigos. Os leitores podem baixar, copiar, distribuir, imprimir os textos para fins não comerciais, desde que citem a fonte.

Foco e escopo

Publicamos resenhas de livros e de dossiês de artigos de revistas acadêmicas que tratem da reflexão, investigação, comunicação e/ou consumo da escrita da História. Saiba mais sobre o único periódico de História inteiramente dedicado à Crítica em formato resenha.

Corpo editorial

Somos professore(a)s do ensino superior brasileiro, especializado(a)s em mais de duas dezenas de áreas relacionadas à reflexão, produção e usos da História. Faça parte dessa equipe.

Submissões

As resenhas devem expressar avaliações de livros ou de dossiês de revistas acadêmicas autodesignadas como "de História". Conheça as normas e envie-nos o seu texto.

Pesquisa


Alertas