Resumo: “Cativeiro Sem Fim”, de Eduardo Reina, publicado pela Alameda Editorial em 2019, investiga os sequestros de bebês e crianças durante a ditadura militar no Brasil. A obra detalha as táticas brutais empregadas, incluindo lavagem cerebral e trabalho escravo. Críticas incluem a extensão e repetição de detalhes em alguns capítulos, e o uso do termo “índio”, considerado pejorativo. Reina busca preencher lacunas históricas e fortalecer a democracia, com a obra sendo valorizada por seu rigor investigativo e contextualização histórica.

Palavras-chave: Ditadura Militar, Sequestro, Infância.

Infâncias Roubadas—Resenha de David Santos (URCA) sobre o livro “Cativeiro Sem Fim: As histórias dos bebês, crianças e adolescentes sequestrados pela ditadura militar no Brasil”, de Eduardo Reina Read More »