América - EUA

Resumo: “Perder a mãe: Uma jornada pela rota atlântica da escravidão”, de Saidiya Hartman, explora as rotas do tráfico atlântico de escravos, buscando vestígios dos escravizados. Hartman utiliza a fabulação crítica para preencher lacunas históricas, mas sua obra é criticada por possíveis generalizações e anacronismos. Ainda assim, oferece uma abordagem inovadora na historiografia da escravidão, valorizando experiências individuais e coletivas dos descendentes de escravizados.

Palavras-chave: Tráfico Atlântico, Escravidão, Identidades.

Buscar o que restou — Resenha de José Edwyn Silva Gomes (UFS), sobre o livro “Perder a mãe: uma jornada pela rota atlântica da escravidão”, de Saidiva Hartman Read More »

Resumo: “Vidas Rebeldes, Belos Experimentos” de Saidiya Hartman explora histórias íntimas de meninas negras e queers radicais, utilizando o método de fabulação crítica. O objetivo é resgatar memórias e personagens históricos marginalizados, embora a explicação do método seja breve, potencialmente confundindo novos leitores

Palavras-chave:. Meninas negras, Meninas Queers, Personagens Marginalizados.

Exumando a rebelião dos autos – Resenha de Danilo dos Santos Rabelo (UNB) sobre o livro “Vidas Rebeldes, Belos Experimentos: Histórias íntimas de meninas negras desordeiras, mulheres encrenqueiras e queers radicais” de Saidyia Hartman Read More »

Resumo: Em @Decolonizando_saberes: mulheres negras na Ciência’, Bárbara Carine Soares Pinheiro busca divulgar a produção de mulheres negras nas ciências biomédicas, matemáticas e tecnológicas. A obra enfrenta críticas por focar mais em cientistas afro-americanas, apesar de enfatizar a relevância dos saberes africanos e a luta contra o racismo e sexismo acadêmico.”

Palavras-chave: Mulheres negras, Ciência, Saberes.

Narrativas de cientistas negras – Resenha de Maria Eduarda Noberto (UFPB) e Adriana da Silva Simões (UFPB) sobre o livro “@Descolonizando_Saberes: mulheres negras na Ciência”, de Bárbara Carine Soares Pinheiro Read More »

Resumo: Criminologia: Contribuição Para Crítica da Economia da Punição, escrito por Juarez Cirino dos Santos, aborda o domínio da Criminologia sob perspectiva histórica e fundamentando-se na categoria de classe social.

Palavras-chave: Criminologia, Classe social, Economia da Punição.

Penalidade e valor em Cirino — Resenha de Pedro Araújo Sampaio (PPGEAFIN/UNEB), sobre o Livro “Criminologia: Contribuição para a crítica da economia da punição”, de Juarez Cirino dos Santos Read More »

Resumo: Engenheiros do Caos é um livro escrito por Giuliano Da Empoli sobre quatro cientistas especializados em Big Data – D. Cummings, S. Bannon, M. Yiannopoulos e A. Finkelstein – que empregam inteligência artificial para criar máquinas de comunicação que se opõem à democracia. Eles criaram uma “nova forma política” moldada pela internet.

Palavras-chave: Big Data, Fake News, extremismo.

Algoritmos como ideologia – Resenha de Jane Semeão (URCA), sobre o livro “Os engenheiros do caos”, de Giuliano Da Empoli Read More »

Engenheiros do Caos, escrito por Giuliano Da Empoli, conta a história de quatro cientistas especializados em Big Data que dão suporte aos ideólogos de direita e extrema direita. Eles usam recursos de inteligência artificial para criar máquinas de comunicação que se opõem à democracia liberal. Os engenheiros em questão são Dominic Cummings, Steve Bannon, Milo

Algoritmos como ideologia – Resenha de Jane Semeão (URCA), sobre o livro Os engenheiros do caos, de Giuliano Da Empoli Read More »

Resumo: Neste artigo, apresento um breve balanço da produção historiográfica voltada para o estudo das relações entre Brasil e Estados Unidos nas décadas de 1930 e 1940, destacando o papel dos intercâmbios e das trocas culturais para promoção de uma aliança entre os dois países.

Palavras-chave: Intercâmbios Culturais; Política da Boa Vizinhança; Relações Brasil-EUA.

Política da Boa Vizinhança e relações Brasil-EUA: breve balanço historiográfico por Adriana Mendonça Cunha (COC/Fiocruz) Read More »

Resumo:Neste texto de revisão, dissertamos sobre a “novidade” das “novas direitas”, seus designadores, usuários e seus principais atributos, a partir de literatura especializada publicada nos últimos oito anos. Nosso objetivo é encontrar caminhos convergentes entre os intelectuais que se ocupam da defesa da democracia representativa brasileira. 

Palavras-chave: Novas Direitas, Direita, Democracia e Ideologia.

Categorizando “novas direitas”: breve revisão conceitual por Itamar Freitas (UFS/Uneb) e Karl Schurster (UV/UPE) Read More »

Resenhado por Itamar Freitas (UFS) | ID Orcid: https://orcid.org/0000-0002-0605-7214. Ethan Kleinberg é editor da revista History and Theory (Wesleyan University) e autor de Presence: Philosophy, History, and Cultural Theory for the Twenty-First Century (2013) e Haunting History: For a Deconstructive Approach to the Past (2017), dois livros-manuais sobre Teoria da História – disciplina. Em Historicidade espectral,

O método outra vez – Resenha de “Historicidade espectral: Teoria da história em tempos digitais”, de Ethan Kleinberg Read More »

Resenhado por Joyce Ferreira Sousa (URCA) | ID Orcid: https://orcid.org/0000-0002-0139-2857. Com uma linguagem que se propõe clara e simples, Marcos Napolitano desenvolve no livro História contemporânea: Vol. 2: do entreguerras à ordem mundial uma relevante apresentação sobre os eventos que abalaram o mundo ao longo do século XX. Sua periodização abarca dos anos 1920 até

Conturbado século XX – Resenha de “História Contemporânea 2 – do entreguerras à nova ordem mundial”, de Marcos Napolitano Read More »

Por Andrey Augusto Ribeiro dos Santos (UFRJ) | ID: https://orcid.org/0000-0002-3824-9747. Esta revisão sobre o conceito de “terrorismo” toma por base a literatura produzida e circulante em nível transnacional, publicada nas últimas duas décadas em forma de artigo, capítulo de livro e verbete de enciclopédia. O objetivo é mapear a historicização do fenômeno e a emergência

O conceito de Terrorismo Read More »

Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | ID: https://orcid.org/0000-0002-0605-7214. Há três anos a editora Milfontes lançou o livro Do Fake ao Fato: (des)atualizando Bolsonaro, organizado por Bruna S. Klem, Mateus Henrique de Faria Pereira e Valdei Lopes de Araújo. Uma leitura sem uso do fígado e do coração, após a vitória do Bolsonaro em 2018, serve à avaliação

Contra a mentira ? – Resenha de “Do Fake ao Fato: des(atualizando) Bolsonaro”, organizado por Bruna Klem, Mateus Pereira e Valdei Araújo Read More »

Resenhado por Karl Schurster (Universidade de Vigo/UPE) | ID: https://orcid.org/0000-0002-1363-119X e Óscar Ferreiro-Vázquez (Universidade de Vigo) | ID: https://orcid.org/0000-0002-8442-8930. The far right today é o primeiro livro de Cas Mudde voltado para o público “não acadêmico” interessado no impulso das “novas direitas”, na América e na Europa, nomeada por ele como a “quarta onda”. O caráter de manual

Um manual (para) traduzir as novas direitas – Resenha de “The far right today”, de Cas Mudde Read More »

Resenhado por  Itamar Freitas (UFS) | ID: https://orcid.org/0000-0002-0605-7214. Tudo parece tranquilo entre os investigadores das novas direitas do eixo Europa-América nos últimos cinco anos. Eles divergem conceitualmente (fascismo, neofascismo, posfascismo, ultradireita, nova direita etc.), ocupam-se de objetos distintos (ideologias, partidos, eleições, movimentos, redes, subculturas, líderes, programas, eleições e ações de governo), mas convergem na ideia de que

Olhando para o outro lado – Resenha de “Fighting the Last War: Confusion, Partisanship, and Alarmism in the Literature on the Radical Right”, de Jeffrey M. Bale e Tamir Bar-On Read More »