Resumo: O livro Cachê Sangrento: uma etnografia do trabalho musical em Aracaju, de João Luís Meneses, publicado em 2022, analisa o trabalho musical em Aracaju, focando em bares e festas. Meneses critica a falta de representação dos músicos por órgãos públicos e sugere melhorias nas condições de trabalho.

Palavras-chave: Etnomusicologia, músicos, e condições de trabalho.

Dar o Sangue pela Música – Resenha de Isaac Santana Andrade (UNIRIO) “Cachê Sangrento: uma etnografia do trabalho musical em Aracaju”, de João Luís Meneses Read More »