Submissões

Autoria

Aceitamos resenhas de profissionais da educação superior, profissionais da escolarização básica e de estudantes de pós-graduação (em cursos de especialização, mestrados e doutorados).

Resenhas de alunos de Iniciação Científica são aceitas, assinadas por docentes -orientadores(as), na condição de coautores(as).

Conteúdo

As resenhas devem expressar avaliações de livros ou de dossiês de revistas acadêmicas de História.

A avaliação é compreendida como atribuição de valor (ou crítica) em dois níveis: o primeiro cobre o valor da natureza e/ou dos usos de, ao menos, um dos seguintes elementos da obra resenhada: problematização, objeto/tema, revisão da literatura, fontes, métodos, conclusões (teses ou hipóteses) e composição (arquitetura da informação ou estilo) e usos reais ou potenciais.

O segundo nível de atribuição de valor deve focar o cumprimento dos objetivos anunciados na obra resenhada.

Quando possível, as resenhas podem apresentar contextualização da obra avaliada na trajetória do autor(a)/coordenador(a) e/ou do lugar do tema/problema veiculado na obra, em relação ao respectivo domínio científico.

Estrutura Retórica

O título da resenha não deve replicar literalmente o texto da obra resenhada. Deve ser iniciada com texto autoral (sem epígrafes ou citações diretas).

O primeiro parágrafo deve informar sobre o tema, problema ou objeto (anunciado pela obra em breve descrição), o título da obra e a autoria.

O segundo parágrafo  deve apresentar a contextualização da obra, do tema, objeto ou do problema (se for o caso).

O último parágrafo deve apresentar avaliação sintética da obra, priorizando o cumprimento (ou não) dos objetivos anunciados na obra resenhada e/ou o aconselhamento aos leitores potenciais da obra. Da mesma forma que no parágrafo inicial, o último período da resenha não deve conter citações diretas.

Do terceiro ao penúltimo parágrafo, a composição da resenha é livre. São aceitos, inclusive, os planos mais comuns, a exemplo da apresentação de síntese das ideias centrais do(s) capítulo(s), parte(s), ou artigo(s), seguida de crítica das referidas ideias e eventuais contribuições ao respectivo campo científico.

Os elementos pós-textuais compreendem o sumário da obra resenhada e os dados biobibliográficos do resenhistas, conforme modelo abaixo:

Sumário de Xxxxxx

  • Prefácio
  • Introdução
  • Capítulo 1 Xxxxxx
  • Capítulo 2 Xxxxxx [...]
  • Conclusões
  • Referências

Xxxxxx Xxxxxx – Doutora em Xxxxxx pela Universidade Xxxxxx do Xxxxxx (XXXX), professora do Departamento de Xxxxxx da Universidade Xxxxxx (XXXX). Publicou, entre outros trabalhos, Xxxxxx (Link), Xxxxxx (Link) e Xxxxxx (Link). Orcid: xxxxx; E-mail: xxxxx; Facebook: xxxxx; Instagran: xxxxx.

Dimensões

Do título da resenha ao final do currículo do resenhista, o texto deve conter entre 1500 e 3000 palavras.

Formatação

A fonte Times New Roman,  espaço simples, alinhadas à esquerda.

Os grifos empregados são o itálico (para obra publicada) e o negrito (para termos em língua estrangeira). Títulos de capítulos e de artigos devem ser grafados entre aspas (sem negrito e sem itálico).

As citações diretas, internas à obra resenhada, devem informar apenas o número da página, disposto entre parênteses. Ex: “(p.34)”. Para citações diretas externas ao texto resenhado, deve-se informar auto(a)/data/página com autoria em letras minúsculas. Ex: “(Oliveira, 2021, p.34)”.

As referências completas da obra resenhada, das fontes e da literatura empregada na resenha devem ser listadas ao final do texto. Devem ser incluídos os nomes de eventuais ilustradores, desenhistas, compendiadores, tradutores, revisores técnicos, prefaciadores ou apresentadores. A organização dos elementos de referenciação deve obedecer à NBR 6023/2018.

Notas explicativas devem vir ao fim do texto. com eventuais notas identificadas por números arábicos, no corpo do texto e no texto das notas, que estarão dispostas ao fim do texto principal “[1]”.

Dados sobre a autoria da resenha devem limitar-se à: titulação máxima, vinculação institucional; área de especialização (no interior da instituição referida); título de até três obras autorais, acompanhadas dos respectivos endereços eletrônicos que viabilizem a consulta pelo leitor da resenha, endereço de correio eletrônico (e-mail) e registros em redes sociais (@).

Os manuscritos devem ser acompanhados de imagem da autoria que será postada à esquerda do penúltimo parágrafo do post em formato miniatura, ao lado dos dados biográficos e das referências da resenha. O formato final do retrato (busto) da autoria é de 225 x 150 pixels.

Observações quanto à imagem da autoria do livro resenhado - Por padrão, empregamos a imagem de melhor resolução disponível na internet. No caso de mais de um autor, empregamos a imagem de melhor resolução no topo do post e as de baixa resolução no corpo da resenha, em formato miniatura. Na ausência de arquivos da autoria com boa resolução, empregaremos uma imagem sugerida pelo conteúdo da resenha, podendo ser, inclusive, um recorte da capa do livro. Caso o resenhista ou o autor da obra resenhada discordem da imagem empregada no topo do post, podem enviar imagem de melhor resolução para substituição imediata.

Critérios de avaliação das resenhas

As resenhas passam pelo crivo de dois pareceristas para a avaliação da qualidade do trabalho, parametrizada neste Guia para resenhistas.

  1. A resenha informa sobre o título da obra e o nome da autoria da obra no primeiro parágrafo?
  2. A resenha informa sobre o tema e/ou o problema da obra no primeiro ou no segundo parágrafo?
  3. A resenha informa o lugar da obra (do tema, do problema ou das teses) no campo do conhecimento ou na trajetória do autor, no primeiro ou no segundo parágrafo?
  4. A resenha apresenta avaliação de no mínimo dois dos itens obrigatórios – problematização, revisão da literatura, fontes, métodos, conclusões (teses ou hipóteses), composição (gramatical e/ou estilística) e usos reais ou potenciais, inclusa a avaliação sobre o cumprimento dos objetivos anunciados na obra resenhada?
  5. A resenha apresenta avaliação sintética da obra no último parágrafo, considerando o cumprimento (ou não) dos objetivos anunciados pelo(s) autor(es) ou coordenador(es) da obra resenhada?
  6. A resenha apresenta avaliação sintética da obra, no último parágrafo, considerando o valor do texto para para o respectivo campo acadêmico e/ou para o potencial leitor)?

Aprovadas em até 30 dias, são remetidas aos autores para eventuais ajustes ou assentimento sobre as propostas de adequação promovidas pelos editores.

Em até 60 dias, contados do início do processo, as resenhas estarão prontas para a publicação.

Acesse aqui o formulário para enviar sua resenha.

Foco e escopo

Publicamos resenhas de livros e de dossiês de artigos de revistas acadêmicas que tratem da reflexão, investigação, comunicação e/ou consumo da escrita da História. Saiba mais sobre o único periódico de História inteiramente dedicado à Crítica em formato resenha.

Corpo Editorial

Somos professore(a)s do ensino superior brasileiro, especializado(a)s em mais de duas dezenas de áreas relacionadas à reflexão, produção e usos da História. Faça parte dessa equipe.

Pesquisa

Alertas

Privacidade

Ao se inscrever nesta lista de e-mails, você estará sujeito à nossa política de privacidade.

Acesso livre

Crítica Historiográfica não cobra taxas para submissão, publicação ou uso dos artigos. Os leitores podem baixar, copiar, distribuir, imprimir os textos para fins não comerciais, desde que citem a fonte.