Zahar

Resumo: “Dispositivo de Racialidade” de Sueli Carneiro aplica conceitos de Foucault à racialidade brasileira, explorando epistemicídio e genocídio estatal. Relata a resistência de ativistas negros e discute educação e ética, desafiando perspectivas eurocentradas e destacando a luta contra o racismo sistêmico no Brasil.

Palavras-chave: Dispositivo de Racialidade, Epistemicídio, Biopoder.

Educação positivada – Resenha de Luciana Oliveira Vieira (PPGS/UFS) sobre o livro “Dispositivo de racialidade: a construção do outro como não ser como fundamento do ser”, de Sueli Carneiro Read More »

Resumo: “Uma história feita por mãos negras”, organizada por Alex Ratts, explora as obras de Beatriz Nascimento sobre relações raciais e quilombos no Brasil. A obra reconta a história brasileira através de uma perspectiva negra, criticando teorias europeias e ressaltando a importância da narrativa negra.

Palavras-chave: Relações Raciais, Quilombos, Negros.

Contra a corrente — Resenha de Laila Thaíse Batista de Oliveira sobre a obra “Uma história feita por mãos negras: Relações raciais, quilombos e movimentos”, coletânea de textos de Maria Beatriz Nascimento, organizada por Alex Ratts Read More »

Resumo: “Tornar-se negro: Ou As vicissitudes da identidade do negro brasileiro em ascensão social”, de Neusa Santos Souza, baseado em sua pesquisa de mestrado, examina os impactos psicológicos e sociais do racismo em negros que buscam a ascensão social. Estudo inovador, aponta para a superação da suposta inferioridade racial, e da negação da identidade negra.

Palavras-chave: Racismo, Pessoas Negras, Ascensão Social.

Afirmação de si — Resenha de Wellington de Jesus Bomfim sobre o livro “Tornar-se negro: Ou As vicissitudes da identidade do negro brasileiro em ascensão social”, de Neuza Santos Souza Read More »

Resumo: “Negro Sou”, organizado por Muryatan S. Barbosa, é uma compilação de textos de Alberto Guerreiro Ramos que explora a questão étnico-racial e o Brasil entre 1949 e 1973. A obra ressalta a contribuição de Guerreiro Ramos nos debates raciais e sociais. Apesar de algumas inconsistências na seleção e apresentação dos textos, a coletânea oferece uma visão de suas ideias e contribuições ao debate sobre a opressão racial e a formação nacional/colonial no Brasil.

Palavras-chave: Guerreiro Ramos, Negro, Questão Étnico-Racial.

Canto do rebelde esquecido — Resenha de Danilo dos Santos Rabelo (PPGD-UNB) sobre o livro “Negro sou: a questão étnico-racial e o Brasil: ensaios, artigos e outros textos (1949–1973)” de Guerreiro Ramos, organizado por Muryatan S. Barbosa Read More »

Resumo: “A sociedade desigual: Racismo e branquitude na formação do Brasil”, de Mario Theodoro, explora a persistente desigualdade racial no Brasil. Theodoro analisa os modos de estruturação do racismo na sociedade, explorando áreas como o mercado de trabalho, educação, saúde e urbanização. Critica a invisibilidade dos negros nas esferas de poder e a ação limitada do Estado, propondo reflexões para mudanças sociais.

Palavras-chave: Desigualdade, Racismo, Branquitude.

Olhar militante sobre a desigualdade — Resenha de Carlos Eduardo Trindade Santos (UFS/SINAF) sobre o livro “A sociedade desigual: racismo e branquitude na formação do Brasil”, de Mario Theodoro Read More »

Resumo: “Dispositivo de racialidade: a construção do outro como não ser como fundamento do ser”, de Sueli Carneiro, explora o racismo no Brasil sob a ótica foucaultiana. Publicado em 2023, o livro aborda o Eu hegemônico e a subjugação do “outro”, oferecendo um estudo detalhado e crítico do racismo brasileiro, mas com uma abordagem complexa que pode limitar sua acessibilidade ao público não acadêmico.

Palavras-chave: Dispositivo de Racialidade, Racismo, Eu.

Racismo no Brasil — Resenha de Luciana Vilela Dourado Matos (Uneb) sobre o livro “Dispositivo de racialidade: a construção do outro como não ser como fundamento do ser”, de Sueli Carneiro Read More »

Resumo: A Moeda e a Lei: Uma história monetária brasileira, 1933–2013, é o mais novo livro dee Gustavo Franco. Trata-se de uma escrita do passado econômico brasileiro após a implementação da moeda fiduciária no país, que viveu a gênese tardia do Banco Central e passou por oito padrões financeiros.

Palavras-chave: História Econômica. Moeda. Economia Brasileira. Inflação.

Percursos Monetários Brasileiros — Resenha de Marcos Manoel Silva Severiano (URCA) sobre o livro “A Moeda e a Lei: Uma história monetária brasileira, 1933–2013”, de Gustavo Franco Read More »

Resenhado por Antônio Fernando de Araújo Sá (UFS) | ID: https://orcid.org/0000-0001-6496-4456. Nascida em Aracaju (SE), Maria Beatriz Nascimento (1942-1995)[1] produziu reflexões diversas e dispersas em artigos, entrevistas, roteiros cinematográficos sobre a história do negro no Brasil, ganhando visibilidade no debate historiográfico no país, nos últimos anos, por conta da publicação de seus textos em livros

Por uma história antirracista do Brasil – Resenha de “Uma história feita por mãos negras”, de Beatriz Nascimento, organizado por Alex Ratts Read More »